20 de abr de 2013

Homens: Ouçam e obedeçam a voz de Deus!




Desde o início da criação Deus delegou aos homens a responsabilidade de cultivar e guardar o que em suas mãos foi confiado. A narrativa bíblica diz: “E tomou o SENHOR Deus o homem, e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar.” (Genesis 2:15 ).  Foi Deus quem estabeleceu ao homem a responsabilidade de lavrar e guardar, e, assim o foi, antes da Queda. Ou seja, o pecado inexistia na natureza humana, bem como toda a criação ainda não havia sofrido as consequências da rebelião do primeiro homem.
Ponderar esses fatos históricos é de valor incomensurável para nós homens cristãos do século XXI. O nosso tempo não é o mesmo de Adão, todavia a nossa tarefa é a mesma, lavrar e guardar. No início de sua existência, Adão viveu num mundo perfeito, numa ordem perfeita, o pecado não havia, muito menos a sua influência, porém, o cerne da questão não está no pecado que Adão cometeu, mas no fato de que este primeiro homem, que ainda não conhecera o pecado e ainda não vivera a Queda, deixou de ouvir a voz de Deus, seus desígnios e voltou-se para a voz da Serpente, fazendo o que ela estabelecera e o resultado é conhecido por todos nós.
A primeira tragédia que um homem comete não consiste em deixar de cumprir a sua responsabilidade, mas sim em deixar de ouvir a voz do seu Criador. Quando não ouvimos a voz do Deus Criador, começamos a naufragar no lamaçal de pecados. O homem que não ouve a voz Deus, ouvirá a voz do mundo e do seu coração que é precipitado para o mal. Ouvirá a voz da sociedade e seus meios de comunicação que cada vez mais desprezam a voz de Deus.
A segunda tragédia se vê dia a dia em famílias marcadas pelos pecados do homem. Homens que tem levado seu casamento a ruína, homens que ao invés de cultivar e guardar o coração e a vida de sua esposa e filhos, o tem humilhado e machucado. Quantos filhos olham para o seu pai, e, ao invés, de ter nele um herói, tem um péssimo exemplo a ser seguido? Quantas mulheres tem sofrido silenciosamente?
O conserto para todos os casos reside no fato do homem voltar ou começar a ouvir o que Deus diz. Precisamos ouvir e obedecer. Precisamos ouvir e ser exemplo para nossa esposa e filhos. O livro de Deuteronômio 6 registra: ” 4 Ouve, Israel, o SENHOR nosso Deus é o único SENHOR.  5 Amarás, pois, o SENHOR teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças.  6 E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração;…” (Dt 6:4-6 ).
Homens a nossa responsabilidade é intransferível. Deus concedeu a nós esse dever. Porém, para que o façamos, necessitamos ouvir a voz de Deus. Necessitamos rejeitar as vozes deste mundo. Somos criaturas que anelam em ouvir a segura e doce voz de Deus. Voz que dá identidade, voz que dá sentido a vida, voz que dá esperança mesmo neste mundo caído. Voz que nos dá a certeza que em Cristo Jesus somos capacitados para cumprir a nossa missão de lavrar e guardar tudo que Deus confiou em nossas mãos.
Homem ouça e obedeça a voz de Deus. Não se acomode em viver segundo as vozes deste mundo, mas seja destemido e audacioso em ouvir a voz do Deus que te criou e te sustenta. Assuma a sua responsabilidade de cultivar e guardar tudo quanto Deus confiou em suas mãos. Lembre-se: tudo que Deus lhe confiou inicia por sua família, por sua esposa e seus filhos. Do que adianta ser um profissional de sucesso e fracassar no seu lar? Do que adiantar ser bem visto pelas pessoas e rejeitado por sua esposa e filhos? Do que adianta ganhar o mundo e perder a sua família? Afinal, lhe pergunto: aonde estava Adão quando Eva fora tentada pela Serpente?
Juntos Somos Mais, 
Pr. Rodrigo Odney

Nenhum comentário:

Postar um comentário